Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Artigos Publicados

Não tenha medo da tecnologia!

Os advogados são tradicionalmente conhecidos por sua aversão à tecnologia. É como se ser advogado e gostar de tecnologia fossem tão opostos quanto o são a água e o óleo. Isso até descobrirem o que a tecnologia pode fazer pelo seu dia-a-dia e por sua produtividade.
 
Está certo! Pode ser que eu seja uma exceção, mas para poder dar conta de tantas atividades (e responsabilidades) eu precisava aliar a minha paixão por tecnologia (e quem me conhece sabe que isso vem de infância) com a advocacia.
 
Para se tomar proveito de tudo o que a tecnologia pode oferecer ao profissional do Direito, especialmente em tempos de processo digital, é imprescindível um bom computador, um tablet e um smartphone.
 
Esses aparelhos, já não podem mais ser considerados como um luxo, mas sim, como ferramentas essenciais e imprescindíveis para o bom desempenho profissional do advogado.
 
Eu poderia escrever um livro sobre ferramentas de produtividade mas, nesse post, vamos nos concentrar em alguns softwares mais comuns e que farão mágica na sua vida como profissional, assim como fizeram na minha.
 
Note que alguns aplicativos aqui indicados são pagos, requerem uma assinatura ou agregam funcionalidades extras através de um pagamento.
 
 
1 – Microsoft Word no Microsoft Office 2013 ou Microsoft Office365
 
Todo advogado necessita de um bom processador de textos para elaborar os mais diferentes documentos (petições, ofícios, pareceres, memorandos etc).
 
Embora existam inúmeras boas alternativas no mercado, muitas delas gratuitas (LibreOffice, OpenOffice etc), o processador de textos mais utilizado, ao menos pelos advogados brasileiros é o Microsoft Word, que faz parte da tradicional suíte de aplicativos de produtividade Microsoft Office.
 
Nesta última versão, lançada em 2.012 (para Windows, eis que, tradicionalmente a versão para Mac é sempre lançada no ano seguinte ao de sua coirmã), a Microsoft introduziu uma mudança importante em sua política de licenciamento.
 
Agora é possível comprar uma licença “vitalícia” (Microsoft Office 2013) ou realizar uma assinatura (Microsoft Office365).
 
Particularmente, o modelo de assinatura (Microsoft Office 365) agradou-me mais. Explico:
 
Página inicial do site do Microsoft Office365.
Página inicial do site do Microsoft Office365.
 
Optando entre duas formas de pagamento: mensal (R$ 21,00/mês) ou anual (R$ 209,00/ano), debitados diretamente em seu cartão de crédito preferido, é possível instalar o Microsoft Office em até 5 (cinco) computadores diferentes (Macs ou PCs, tanto faz), além de 5 (cinco) dispositivos móveis como tablets ou smartphones.
 
Tela inicial do Word para iPad.
Tela inicial do Word para iPad.
 
Através da assinatura, fica assegurado o direito a obter sempre a versão mais recente do software.
 
Atenta à tendência da computação nas nuvens (cloud computing), a Microsoft agregou ainda a este modelo dois extras interessantes.
 
  • 20 Gigabytes extras de espaço no OneDrive (serviço de armazenamento de dados na nuvem da Microsoft), suficientes para uma vida inteira de petições, permitindo-lhe acessar os arquivos de qualquer lugar ou ainda realizar backups e
 
  • 60 (sessenta) minutos mensais para efetuar ligações para qualquer telefone fixo ou móvel do mundo através do Skype (serviço de telefonia por IP da Microsoft).
 
Outra vantagem é que se por um acaso você estiver sem nenhum dos seus dispositivos em mãos, é possível acessar e editar os seus arquivos online de qualquer browser, em qualquer computador, graças aos aplicativos do Office Online.
 
Página inicial do site do Microsoft Office Online.
Página inicial do site do Microsoft Office Online.
 
A combinação de armazenamento na nuvem e Office Online pode ser muito útil para se utilizar, por exemplo, naqueles computadores disponibilizados nas Salas dos Advogados da OAB, naquelas ocasiões em que você precisa ajustar um documento ou criar algo novo e não deseja que seus arquivos permaneçam nas máquinas, por questões de privacidade e segurança.
 
Agora, a dica final…
 
Pouca gente sabe que é possível fazer o download e utilizar o Microsoft Office 2013 gratuitamente por até 60 (sessenta) dias. Para tanto, basta acessar o link abaixo e seguir as instruções:
 
 
Se você preferir o modelo de assinatura (Microsoft Office365) saiba que também poderá experimentar todas as funcionalidades, sem qualquer restrição, de forma gratuíta por um período de 30 (trinta) dias. Basta clicar no link abaixo e seguir as instruções:
 
 
 
2 – Microsoft OneDrive
 
Como mencionei anteriormente, a Microsoft lançou um serviço de hospedagem de arquivos na nuvem. Até aí, nada demais. Serviços dessa natureza, existem vários, há anos.
 
Tela inicial do OneDrive.
Tela inicial do OneDrive.
 
O diferencial deste serviço é a sua total integração com a nova suíte do Microsoft Office e a existência de aplicativos que tornam o trabalho de sincronização mais fácil do que nunca. Existem versões para Windows, Mac OS X, Android, iOS e Windows Phone.
 
Manter os seus arquivos sempre sincronizados nunca foi tão fácil. Se os dispositivos forem todos corretamente configurados, o processo passa a ser realizado de forma transparente ao usuário.
 
É disponibilizado um espaço gratuíto de 7 GBytes (suficientes para uma vida inteira de petições no formato Microsoft Word) e se você tiver uma assinatura do Office365 terá direito a mais 20 GBytes, que serão mais do que suficientes para a maioria dos usuários.
 
Para usar o Microsoft OneDrive basta ter uma conta Microsoft que pode ser, inclusive aquela sua antiga conta do Hotmail.
 
 
3 –  Evernote
 
Resolvido o problema com relação ao peticionamento, outra importante atividade do advogado é tomar notas.
 
Os bons advogados sabem o quanto é importante tomar notas de tudo. De conversas com os clientes a dados de um cartão de visita, passando por anotações sobre processos, pesquisas jurispridenciais, legislação etc.
 
E, uma das melhores soluções para se tomar notas é o Evernote.
 
Tela inicial do site do Evernote.
Tela inicial do site do Evernote.
 
A primeira vantagem deste aplicativo é que ele é gratuíto.
 
Além de possuir uma versão para cada sistema operacional ou plataforma móvel, perfeito para quem tem vários dispositivos, o Evernote permite consultar, editar e criar novas notações diretamente da internet, o que é muito útil para aquelas (hoje em dia, raras) ocasiões em que estamos distante dos nossos computadores ou gadgets.
 
Tela inicial do Evernote para iPhone.
Tela inicial do Evernote para iPhone.
 
Mas, não só de texto vive o Evernote. Com ele, também é possível redigir as notas à mão, fotografar, filmar ou ainda criar notas de voz.
 
Uma outra característica interessante do Evernote é que ele possui diversas formas de classificar e armazenar as informações, permitindo agrupá-las, por assunto, por cliente etc., deixando sempre tudo organizado e à mão.
 
Para os usuários mais avançados, existe uma versão Premium que, além de permitir maior tráfego de dados (o Evernote gratuito não tem limitação de notas, mas tem limitação de quantidade de dados que podem ser sincronizados), trás alguns recursos interessantes como a possibilidade de se ter as anotações offline nos dispositivos móveis, fotografar um cartão de visitas e obter os dados do mesmo automaticamente, ou seja, sem a necessidade de se digitar ou ainda a possibilidade de se realizar apresentações diretamente do aplicativo, com direito a um “laser pointer” virtual para aquilo que se quiser destacar.
 
A versão Premium do Evernote, para aqueles que se interessarem, é adquirida através de um processo de assinatura que se renova anualmente.
 
 
4 – ScannerPro
 
Muito bem, mas nem só de petições ou anotações vive o bom advogado.
 
Sua vida também é repleta de documentos dos mais variados tipos, sejam aqueles que serão utilizados em seus arrazoados, seja aqueles trazidos por outras partes ou terceiros interessados (ou desinteressados).
 
Se, antigamente gerenciar os documentos exigia o investimento em um scanner, agora, basta apenas o seu smartphone ou tablet.
 
Existem inúmeros softwares que digitalizar documentos, mas o ScannerPro é um dos melhores.
 
Homepage do ScannerPro.
Homepage do ScannerPro.
 
Como nem tudo é perfeito, o ponto negativo deste software é que ele está apenas disponível para iPhone, iPad ou iPod Touch. Ou seja, é exclusivo da plataforma iOS da Apple. Oportunamente, poderemos mencionar aplicativos semelhantes para Android.
 
O ScannerPro merece a menção pois, além de reconhecer o  limite correto das páginas digitalizadas automaticamente, permite o escaneamento de várias páginas em um único arquivo no formato PDF ou outro formato de sua escolha, função essa que é essencial para todo advogado que litiga em processo digital.
 
Perceba que a vantagem é que o documento já sai pronto para ser protocolado digitalmente junto com a sua petição, não sendo necessário mais nenhum tipo de trabalho.
 
Acreditem, este software, que custa US$ 2,99, economizou-me muito tempo de trabalho dispendido em tarefas manuais chatas como escanear as páginas, salvá-las, agrupá-las em convertê-las em um único arquivo que atendesse às exigentes especificações do ESAJ paulista, por exemplo.
 
Agora, basta fotografar com a câmera do smartphone ou tablet e deixar que o ScannerPro faça o resto!
 
As imagens “escaneadas” podem ser salvas a partir de seu smartphone e tablet em serviços da web como o OneDrive (acima mencionado), o Dropbox, o Google Drive ou o Box, facilitando o acesso do mesmo em seu computador para o momento em que tiver que ser autenticado divinalmente e protocolado.
 
 
5 – 1Password
 
Eu poderia gastar horas e horas escrevendo sobre aplicativos que podem auxiliar a rotina do advogado a ser mais leve, mas, como comentei acima, quem gosta de tecnologia?
 
Assim, o último aplicativo desse post, embora existam inúmeros outros dignos de menção, é o 1Password.
 
Homepage do 1Password.
Homepage do 1Password.
 
Ele é mais do que o seu nome pode sugerir que seja, ou seja, um gerenciador de senhas.
 
Trata-se de uma verdadeira ferramenta de segurança que auxiliará o advogado a preservar a confidencialidade de toda e qualquer informação que mereça essa classificação.
 
Disponível em todas as plataformas e sistemas operacionais, o 1Password permite criar um local extremamente seguro em seu computador ou gadget, de maneira que torna virtualmente impossível o acesso de pessoas não autorizadas a qualquer coisa que esteja sob a proteção do sigilo profissional do advogado.
 
Como vantagem, o 1Password permite que seja armazenado todo tipo de informação: de senhas, passando para sites a arquivos de áudio ou vídeo).
 
Uma vez criptografado, será impossível o acesso não autorizado às mesmas, até mesmo por pessoal especializado.
 
 
Conclusão
 
Muito bem, essa foi só uma rápida amostra do que a atual tecnologia da informação pode fazer pelo advogado, com nenhum ou relativamente pouco custo.
 
Como se vê, não há motivo para o advogado não se modernizar, pois mesmo no Brasil, a Advocacia está amparada por ferramentas de produtividade que permitem ao bom advogado concentrar-se naquilo que lhe é mais precioso, ou seja, na elaboração de seu trabalho intelectual.
 
Caso haja interesse, posso elaborar aqui tutoriais sobre como utilizar estas e outras soluções para aumentar a produtividade, aumentar ainda mais a qualidade dos trabalhos realizados no exercício da Advocacia e, claro, nunca se esquecendo de que o tempo do advogado é dinheiro!
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.