Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Previsão do tempo

Hoje - São Paulo, SP

Máx
33ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - São Pa...

Máx
33ºC
Min
23ºC
Chuva

Quarta-feira - São Pa...

Máx
33ºC
Min
24ºC
Chuva

Quinta-feira - São Pa...

Máx
32ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

TJSP na Mídia: Imprensa destaca assinatura de portaria conjunta que aprimora fluxo das execuções fiscais

Parceria entre TJSP, TJBA, CNJ, AGU e PGFN. A portaria conjunta entre os tribunais de Justiça de São Paulo e da Bahia, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) para racionalização e aprimoramento do fluxo das execuções fiscais promovidas pela PGFN em tramitação nas Justiças estaduais foi destaque em veículos como Valor Econômico, Blog do Fausto Macedo, CNJ, Consultor Jurídico, Isto é Dinheiro, Isto É, Uol e Terra. A reportagem do Valor Econômico realça que a portaria, assinada ontem (2), deve encerrar mais de 280 mil processos apenas em São Paulo. Na mesma direção, Consultor Jurídico e o CNJ pulgaram dados sobre os impactos da iniciativa para o Tribunal de Justiça de São Paulo e citaram o presidente Fernando Antonio Torres Garcia, que, na ocasião, afirmou que 80% dos 12,7 milhões de processos do TJSP relativos a execuções fiscais têm valor inferior a R$ 10 mil e estão sem movimentação fiscal há muitos anos. “Isso permitirá migrar recursos humanos e financeiros para as áreas que realmente importam”, disse o desembargador. O Blog do Fausto Macedo destacou que “o acordo permite que a Fazenda possa identificar execuções fiscais de créditos que considere ‘irrecuperáveis’, desistindo da cobrança na Justiça. Assim, a dívida deixaria de ser cobrada judicialmente, mas não deixaria de existir”, assim como as reportagens da Isto é Dinheiro, Isto É, Uol e Terra. A iniciativa integra o cruzamento de informações entre a base de dados do CNJ e das Justiças estaduais para a baixa definitiva das execuções fiscais já extintas em razão de pagamento, prescrição, decisão administrativa ou outro motivo que inviabilize seu prosseguimento, mas que continuam em andamento. imprensatj@tjsp.jus.br
03/04/2024 (00:00)
Visitas no site:  14124662
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.